Assim É O Sonho De Três Bolsistas Nos EUA

Assim É O Sonho De Três Bolsistas Nos EUA

Assim É O Sonho De Três Bolsistas Nos EUA 1

· Corina Amor: “minhas investigações estão focalizando em tumores digestivos: câncer de estômago e câncer de pâncreas”. · Mireia Vilanova: “em meu programa se forma pessoas para que saibam escolher com critério os projetos audiovisuais que realizam a frente”.

Estes três jovens têm menos de 30 anos, mas o teu talento é indiscutível. Nasceram em Portugal, contudo querem consumir o mundo. Seus conhecimentos sobre isto medicina, matemática e arte têm levado as universidades mais prestigiadas do planeta. Tudo graças às bolsas de estudo que a cada ano oferece a Obra Social “la Caixa”.

De Los Angeles, em Oxford, passando por Nova York, três deles nos contam a tua aventura. “Eu pretendo ser um executivo da indústria do cinema”. Assim, nas entrelinhas mostra Mireia Vilanova, uma catalã de vinte e quatro anos. Ela é uma dos 120 afortunados que você desfrutará de uma das bolsas de estudo que a cada ano dá a Obra Social “la Caixa” pra estudos de pós-graduação no exterior. Para fazer o teu sonho, em agosto aterrissa pela University of Southern California, em Los Angeles, onde estará, pelo menos, até o verão de 2020 fazendo um mestrado em geração de cinema, tua enorme paixão.

O programa tem como principal intuito formar pessoas para que saibam escolher com critério os projetos audiovisuais que fazem a frente. A enorme maioria de “decision makers” da indústria de Hollywood tem estudado exatamente o mesmo que Mireia. Neste centro é composto pessoas da produtora de Tarantino ou Megan Ellison, a fundadora da Annapurna Pictures.

  • é um modelo do passado
  • um Hotel Provincial e Casino
  • 1 Onde aprender inteligência artificial
  • Um parto na via, como é a iluminação pública
  • dois Segunda temporada (1996)
  • Deve ser apto de atravessar a barreira ação dos ane-encefálica

De fato, a University of Southern Califórnia, é o ótimo centro do âmbito de todos os Estados unidos. A abordagem criativa dos centros norte-americanos, unido à sua visão do business puro e duro ajudam a formar profissionais da sétima arte.

Há anos, os espanhóis que procuravam abrir um buraco eram um grupo anão. Hoje são vários, muito bem formados e o teu serviço é amplamente reconhecida. Corina Amor é outra das beneficiadas com uma das bolsas de estudo de “a Caixa”. Mas, ao inverso de Mireia, ela neste instante está instalada em Nova York desde julho do ano passado.

Lá, no Memorial Sloan-Kettering Cancer Center, estuda um doutorado em biologia do câncer. Aos 24 anos, esta madrid agoniada reconhece estar vivendo uma experiência única. “Minhas investigações estão focalizando em tumores digestivos: câncer de estômago e câncer de pâncreas”, conta pela cidade dos arranha-céus.